Manutenção do Alumínio

As áreas externas, como fachadas, devem ser limpas na mesma periodicidade que os vidros do local. O intervalo de limpeza depende da quantidade e do tipo de sujeira a que o material está exposto. Limpezas rotineiras, com intervalos entre 6 e 12 meses, devem ser suficientes para remover as sujeiras leves. Ambientes mais agressivos (como atmosferas industriais e marinhas) exigem intervalos menores, de 3 a 6 meses.

Lembrando que a chuva é uma grande aliada na limpeza do alumínio utilizado em áreas externas descobertas, como fachadas. Conforme a inclinação da peça, a chuva torna-se a maior responsável por retirar o acúmulo de sujeiras e detritos, mantendo as características estéticas do material por um bom tempo.

O alumínio em interiores deve ser tratado como parte da rotina de limpeza de um ambiente, ou seja, deve ser limpo antes que se forme uma camada de sujeira ou marcas de dedo visíveis. (Fonte Arcelor Mittal)

Os melhores produtos para conservação do alumínio ainda são a água, os detergentes suaves e neutros, removedores à base de amônia diluídos em água morna, para aplicação sempre com um pano macio ou esponja de nailon, nunca materiais abrasivos.

A secagem é extremamente importante para evitar o aparecimento de manchas na superfície do produto, e essa limpeza rotineira remove facilmente as sujeiras mais comuns. Mas para a manutenção completa, existem alguns procedimentos infalíveis para deixar as peças em alumínio sempre com cara de novas;

Para evitar manchas de dedos, aplique óleo mineral na superfície. Para conservar o alumínio com acabamento espelhado pode ser usado produtos específicos para limpeza de vidros. Manchas de óleo e graxa são facilmente removidos com produtos à base de alcool isopropílico e acetona.

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


1
Olá tudo bem?
Como posso ajudar?
Powered by